A EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO REMOTO EMERGENCIAL

MUDANÇAS E CONSTÂNCIAS DAS PRÁTICAS CORPORAIS NO PLANEJAMENTO DOCENTE

Autores

  • Ângela Adriane Schmidt Bersch Universidade Federal do Rio Grande
  • Camila Borges Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande
  • Leila Cristiane Finoqueto Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.14295/rds.v23i2.13638

Resumo

O artigo objetivou investigar as vivências, experiências do corpo e a corporeidade na Educação Infantil em tempo de pandemia e de ensino remoto emergencial sob a ótica de professores/as que atuam nesse nível de ensino na rede pública do município do Rio Grande/RS. Em se tratando de uma pesquisa qualitativa, os dados foram levantados por meio de questionário e de rodas de conversa que contaram com a participação de 45 professores/as e passaram pela análise, inspirada na Teoria Fundamentada nos Dados. O estudo evidenciou: a potência da presencialidade dos sentidos e dos corpos na Educação Infantil e a ampliação do repertório dos saberes docentes, uma vez que aos/as professores/as foi exigido recriar e ressignificar os processos pedagógicos, bem como suas condições de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ângela Adriane Schmidt Bersch, Universidade Federal do Rio Grande

Doutora em Educação Ambiental - PPGEA/FURG; Professora Adjunta Instituto de Educação - FURG. Atua nos cursos de graduação em Educação Física e Pedagogia; Coordena projetos de extensão Psicomotricidade Relacional e;Resiliência e formação de Educadores; Coordena o grupo de estudos ECOINFÂNCIAS - infâncias, Ludicidade e Ambientes; participa do Grupo de Estudos GEECAF.

Camila Borges Ribeiro, Universidade Federal do Rio Grande

Doutora em Ciências da Motricidade/UNESP/Rio Claro. Graduada em Educação Física. Profa. Adjunta do Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Leila Cristiane Finoqueto, Universidade Federal do Rio Grande

Doutora em Educação (PPGEdu/UFPel). Graduada em Educação Física, UFSM. Profa. Adjunta do Instituto de Educação – FURG.

Downloads

Publicado

2022-05-12

Como Citar

Bersch, Ângela A. S., Ribeiro, C. B., & Finoqueto, L. C. . (2022). A EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO REMOTO EMERGENCIAL: MUDANÇAS E CONSTÂNCIAS DAS PRÁTICAS CORPORAIS NO PLANEJAMENTO DOCENTE . Revista Didática Sistêmica, 23(2), 139–153. https://doi.org/10.14295/rds.v23i2.13638