[1]
D. Fernandes Pessoa Madeira, M. L. de Lima Campos, e P. I. Correia Curvelo, “Teoria do adimplemento substancial e sua aplicação nas ações executórias de contratos de alienação fiduciária de bens móveis: análise do posicionamento jurisprudencial adotado pelo TJMG, TJRS anterior a REsp.1.622.555/MG do STJ”, JURIS, vol. 31, nº 1, jan. 2022.