https://seer.furg.br/biblos/issue/feed BIBLOS 2022-09-12T11:50:01-03:00 Angélica Conceição Dias Miranda angelicacdm@gmail.com Open Journal Systems <p>A BIBLOS - Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação é uma publicação semestral, aceita trabalhos inéditos que apresentem resultados de estudos e pesquisas relacionados com as áreas da informação, tecnologia e afins.</p> <p><strong>COMPARTILHE A REVISTA</strong></p> <p><a href="https://www.linkedin.com/shareArticle?mini=true&amp;url=https://periodicos.furg.br/biblos/index"><img src="https://img.icons8.com/plasticine/60/000000/linkedin.png" alt="" width="25" height="25" /></a> <a href="https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u=https://periodicos.furg.br/biblos/index"><img src="https://img.icons8.com/plasticine/60/000000/facebook.png" alt="" width="25" height="25" /></a> <a href="https://api.whatsapp.com/send?text=https://periodicos.furg.br/biblos/index"><img src="https://img.icons8.com/plasticine/60/000000/whatsapp.png" alt="" width="25" height="25" /></a> <a href="https://twitter.com/intent/tweet?text=https://periodicos.furg.br/biblos/index"><img src="https://img.icons8.com/plasticine/60/000000/twitter.png" alt="" width="25" height="25" /></a></p> https://seer.furg.br/biblos/article/view/13420 A sociedade do espetáculo e as fake news 2022-06-22T17:47:59-03:00 Luis Fernando Herbert Massoni luisfernandomassoni@gmail.com Luziane Graciano Martins luzigracin@gmail.com Luciano Victória Del Sent luciano_sent@outlook.com <p>O presente artigo tem como objetivo refletir sobre o conceito de sociedade do espetáculo, de Guy Debord, perante a disseminação de <em>fake news</em>, a fim de identificar as mazelas que esse fenômeno causa ao Direito à Informação. A edição e manipulação de imagens as transforma e midiatiza como representação invertida da realidade social, tornando a sociedade uma espectadora de si, que contempla o mundo idealizado pelas mídias. O indivíduo, por meio das mídias sociais, promove a disseminação de informações falsas, representando um contexto social espetacular. Assim, questiona-se: como o Direito à Informação pode auxiliar nas reflexões sobre <em>fake news</em> e desinformação? Este estudo realiza uma revisão de literatura focada nas características da desinformação, das <em>fake</em> <em>news</em> e da sociedade do espetáculo. Compreende-se que a sociedade do espetáculo torna-se retroalimentadora da própria “realidade falsa”, induzida a tal ato pelas corporações midiáticas, que detêm o poder informacional de relevância social, sedentas, ainda, por centralizar e limitar o acesso às informações, bem como em obter o lucro pelos conteúdos produzidos e disseminados. Como há dificuldades em distinguir as <em>fake news</em> de outros conceitos, os quais invadem a categoria das notícias falsas, a sociedade, incapaz de afastar-se da ilusão promovida pela efervescente circulação de imagens e discursos, tanto imprecisos como enganosos, pode encontrar no Direito à Informação o auxílio para diminuir os impactos negativos da desinformação.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/13126 Visibilidade, atenção online e impacto das interações nas publicações científicas 2022-06-24T17:06:16-03:00 Juliana Fachin julianafachin@gmail.com Elisabete Werlang betewerlang@gmail.com Ronaldo Ferreira Araújo ronaldfa@gmail.com Ursula Blattmann ublattmann@gmail.com <p>O impacto das publicações científicas, avaliado principalmente pelo Fator de Impacto, atualmente pode também ser aferido pela presença das publicações em diferentes mídias, acadêmicas e sociais. A interação dos usuários com este conteúdo influencia na visibilidade, atenção online e impacto do conteúdo científico, por meio da análise de visualizações, curtidas, compartilhamentos, leituras, acessos e, das citações. Esta pesquisa exploratória descritiva teve como objetivo averiguar a visibilidade, a atenção online e o impacto das publicações científicas, aferidas por meio da performance dos trabalhos publicados pela Revista Estudos FeministasREF em distintas redes sociais. Os dados foram coletados em bases de referência: Dimensions, Analytics SciELO, Google Acadêmico, Mendeley, Facebook e Twitter, com recorte temporal de 2015, 2016 e 2017. A performance da REF na web está centrada no Mendeley e de forma tímida no Twitter, nas redes acadêmicas,o periódico está centrado nas bases: SciELO, Web of Science e Dimensions. O periódico tem tido maior interação nas redes acadêmicas, alavancando o impacto alternativo das publicações. Pondera que a exposição na web resulta em indicadores de impacto alternativo. A análise mostra que os indicadores se complementam, possibilitando verificar quais publicações são mais consultadas e consideradas relevantes pelos usuários, que deixam de ser apenas a comunidade científica, envolvendo toda a sociedade.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/11101 Competência em informação no âmbito da biblioteca escolar 2020-08-31T20:44:51-03:00 Thiago Pinheiro Ramos de Oliveira thiagobiblio.oliveira@hotmail.com Maria de Fátima Oliveira Costa fatima12oliveiracosta@gmail.com Virginia Bentes Pinto vbentes@ufc.br <p>Discute a competência em informação na escola, tendo como questão norteadora: Quais as ações realizadas no âmbito da biblioteca escolar podem contribuir para o desenvolvimento de competência em informação de seus usuários? Como objetivo geral busca identificar as ações realizadas no âmbito da biblioteca escolar que podem contribuir para o desenvolvimento de competências em informação dos docentes, estudantes e funcionários que constituem a comunidade escolar. Apresenta uma breve contextualização sobre a competência em informação. Aponta o bibliotecário como profissional indicado para desenvolver ações de capacitação de usuários, visando a aquisição de competências em informação. Utiliza como método a revisão sistemática de literatura a fim de responder a questão norteadora. Aplica a pesquisa bibliográfica para a busca das fontes de informação que constituirão o artigo. Traça discussão a respeito da temática a partir dos artigos recuperados na base de dados em Ciência da Informação do Portal de Periódico Capes. Conclui que os bibliotecários e professores que realizam ações visando desenvolver competências em informação na escola devem compreender a cultura escolar. A infraestrutura, formação de acervo, mediação de leitura, presença de bibliotecário, debates, capacitação de usuários para o uso de ferramentas tecnológicas são ações que potencializam a autonomia de usuários da biblioteca escolar.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/13769 A relação entre Arquitetura da Informação e experiência do usuário sob a ótica dos pesquisadores da Ciência da Informação brasileira 2022-06-28T15:49:13-03:00 Emanuelle Torino emanuelle@utfpr.edu.br Jean Fernandes Brito j.brito@unesp.br Cecílio Merlotti Rodas cecilio.rodas@unesp.br Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti silvana.vidotti@unesp.br <p>Objetivo: Identificar a relação entre Arquitetura da Informação e Experiência do Usuário, com o intuito de verificar como essas duas áreas se interseccionam na ótica dos pesquisadores brasileiros da área da Ciência da Informação, por meio da produção acadêmico-científica. Métodos: Realiza revisão sistemática da literatura científica indexada na Base de Dados Referenciais em Ciência da Informação e da produção acadêmica disponível na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, com análise qualitativa dos resultados encontrados. Resultado: Como resultados foram identificados 9 trabalhos que tratam da temática, dos quais apenas 4 relacionam a Arquitetura da Informação e a Experiência do Usuário, sendo que somente 1 deles o faz de forma objetiva. Conclusões: Desta forma, ainda que os estudos dessa natureza sejam incipientes, a partir dos dados analisados, é possível afirmar que quando o projeto de construção de um ambiente digital é sistematizado a partir dos aparatos teóricos e práticos da Arquitetura da Informação juntamente com as qualidades objetivas e subjetivas da Experiência do Usuário, maiores serão a eficiência e eficácia, ou seja, a Experiência do Usuário nos ambientes informacionais digitais, cujos benefícios serão perceptíveis para os usuários, os&nbsp; ambientes informacionais e seus mantenedores.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14037 Importância dos registros informacionais no prontuário eletrônico da Unidade de Atenção à Saúde da Criança e Adolescente em um Hospital de ensino e assistência 2022-06-24T14:43:10-03:00 Maria Isabel Fernandes Calheiros maria.calheiros@ebserh.gov.br Nelma Camelo de Araújo nelma.araujo@ichica.ufal.br <p>O prontuário do paciente é um documento mister para atividades e profissionais no contexto das instituições de saúde, funciona como um banco de dados para a pesquisa e o ensino, respeitando-se os aspectos éticos e legais de acesso. Os dados informados no prontuário alimentam sistemas nacionais da saúde, produzindo indicadores que subsidiam a criação e implementação de políticas públicas para a área da saúde. Assim, este artigo apresenta os resultados de pesquisa de mestrado, que objetivou analisar se as informações registradas no Prontuário Eletrônico do Paciente atendem a necessidade informacionais dos profissionais que o utilizam na Unidade de Atenção à Saúde da Criança e Adolescente em um Hospital de Ensino e Assistência. A abordagem metodológica foi de natureza qualitativa, descritiva e exploratória. Os resultados do estudo apontam que a falta de preenchimento e, ou, preenchimentos incompletos do registro da informação no módulo paciente AGHUx já ocorreu em todos os campos consultados pelos profissionais. Apontou, ainda, o sistema como prático, objetivo e facilitador das atividades e comunicação no ambiente de trabalho, mas, em contraponto, alguns profissionais o consideram complexo, apresentando dificuldades para o acesso de algumas informações e a necessidade de mais treinamentos para os profissionais acerca da usabilidade do sistema.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/12322 Satisfação dos Usuários em relação aos serviços das Bibliotecas da UFPEL 2022-06-14T17:19:18-03:00 Fabiano Domingues Malheiro fabianomalheiro22@hotmail.com Fernanda Kieling Pedrazzi fernanda.pedrazzil@gmail.com <p>Esse estudo procurou trazer uma alternativa de avaliação dos serviços oferecidos em bibliotecas, principalmente para as universidades públicas. Levando em consideração a opinião dos usuários, procurou-se dar ênfase à satisfação em relação aos serviços prestados. Para coletar os dados, foi utilizada uma adaptação do método <em>libqual </em>que ainda é pouco explorado no Brasil. Sabe-se que a longevidade de uma instituição pública depende muito da importância que a mesma dá aos seus serviços. Com uma comunidade usuária cada dia mais exigente, surge a necessidade de se investigar as percepções acerca dos serviços oferecidos seja em quaisquer ambientes. Nesse trabalho, foi realizado um estudo de caso nas bibliotecas de uma universidade pública. Visto a ausência de uma sistemática de avaliação interna em relação aos serviços oferecidos pelas bibliotecas do Sistema de bibliotecas da Universidade Federal de Pelotas (Sisbi/UFPel), que inclua seus usuários no foco da discussão, buscou-se por meio desse estudo avaliar a satisfação dos mesmos por meio de um questionário <em>on-line</em>. Com base nos resultados dessa pesquisa, foram empregadas técnicas estatísticas para aferir a confiabilidade das informações coletadas. Como principais resultados encontrados foi possível verificar quais foram os serviços mais utilizados, perfil do público que frequenta as bibliotecas, os serviços com maior nível de satisfação e também os com menores níveis. Descobriu-se que a dimensão da pesquisa valor afetivo foi a dimensão que obteve melhores <em>scores </em>de avaliação. Por fim, foram sugeridas melhorias no Sistema de Bibliotecas dessa Universidade e propõe-se novas pesquisas aplicando a mesma sistemática de avaliação para comparações e avanços futuros.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14297 Comunicação e divulgação cientifica 2022-06-01T22:29:18-03:00 Ingrid Ivanni Pinheiro Aires ingrid.ivanni@gmail.com Eddie Carlos Saraiva da Silva eddiesaraiva@gmail.com <p>A modalidade preprint vem ganhando força dentro do meio científico, apesar de já ser utilizada pelas ciências exatas antes dos avanços tecnológicos. A pesquisa tem como objetivo analisar as produções da coleção SciELO Preprints, enfatizando as produções que abordem a temática da pandemia de Covid-19. A pesquisa é descritiva, de natureza básica e abordagem quali-quantitativa. Dentre os procedimentos utilizados, temos: a pesquisa bibliográfica para o referencial teórico e, o estudo bibliométrico para análise dos dados extraídos da coleção SciELO Preprints. Os resultados da pesquisa apontam que a coleção SciELO Preprints possui uma ampla produção na área de Ciências da Saúde, com mais de 60% de participação do total da coleção. Além disso, a produção de preprints relacionadas com a pandemia de Covid-19 representam mais de 50% do total de documentos da coleção.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14261 Reflexões sobre as práxis da biblioteca no período da pandemia covid-19 2022-06-20T18:48:18-03:00 Ivana Borges Lins ivana.lins@gmail.com Maria Alice Santos Ribeiro licesilvsantos@gmail.com Hildenise Ferreira Novo denisenovo@gmail.com <p>A pandemia Coronavírus (COVID-19), que recentemente afligiu a humanidade, gerou múltiplos impactos, que incidiram na qualidade de vida social e na saúde, no desenvolvimento científico, econômico e tecnológico. Contudo, vale contextualizar que a Ciência da Informação com o arcabouço teórico da representação do conhecimento e da gestão de informação manifestados em seus variados recursos tecnológicos e fontes informacionais tiveram papel fundamental para a circulação, a mediação e o acesso à informação. Este relato de experiência, de forma descritiva e utilizando pesquisa documental, tem por objetivo apresentar as inter-relações dos dispositivos informacionais - acervo, biblioteca e bibliotecário- no contexto da pandemia do COVID- 19 no Sistema Universitário de Bibliotecas da Universidade Federal da Bahia. Para apresentação dos resultados, foram descritas as estratégias, os dispositivos digitais e os recursos tecnológicos utilizados pelos bibliotecários com os usuários da comunidade universitária, no intuito de cumprir a missão de interagir, de integrar e de disseminar a informação e o conhecimento, que causaram vários malefícios à sociedade nesse período. Em síntese, mediada pela tecnologia digital as ações desenvolvidas nessa experiência possibilitaram um aprendizado coletivo, configurando-se em um diferencial importante nas práxis dos profissionais bibliotecários da UFBA.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14210 O acesso, avaliação e compartilhamento de fontes da informação sobre a covid-19 na periferia de São Carlos - SP 2022-05-16T12:52:41-03:00 José Marcos Amorim da Silva Neto zmarcos_neto17@hotmail.com Ariadne Furnival chloe@ufscar.br <p>Desde que o primeiro caso de Covid-19 foi registrado no final de 2019, toda a população do mundo foi obrigada a ficar em casa, e consequentemente, a usar a Internet e os meios de comunicação ativamente. O vírus causou não apenas uma crise de saúde, mas também uma “infodemia”. Porém a informação é vista como essencial para prevenir a proliferação do vírus, para a qual é necessário conseguir identificar e avaliar fontes de informação de boa qualidade. O estudo aqui descrito, que foi realizado por meio da aplicação de um questionário, objetivou identificar facetas das práticas de acesso, avaliação e compartilhamento da informação sobre a Covid-19 pelos moradores de um bairro periférico da cidade de São Carlos, no interior do estado de São Paulo. Mesmo que os participantes da pesquisa tenham uma percepção majoritariamente otimista das suas próprias habilidades informacionais, foi identificada a necessidade de prover conteúdo de letramento midiático e informacional para estes moradores.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14197 Bibliotecas universitárias brasileiras e os produtos e serviços ofertados durante a pandemia covid-19 2022-06-14T17:21:19-03:00 Gabrielli da Rosa Furtado gabriellirosafurtado@gmail.com Maria Helena Machado de Moraes Hmachmor@gmail.com <p>No ano de 2020, com a chegada da pandemia COVID 19, modificou-se o cotidiano da sociedade mundial. Os governos, em sua maioria, fecharam suas fronteiras e adotaram medidas de quarentena com o objetivo de conter a doença, no Brasil não foi diferente. Com a mudança brusca de cenário, se tornou necessário que os bibliotecários traçassem planos para gerenciar as bibliotecas universitárias, criando diretrizes para o melhor funcionamento do local e alterando a disponibilização de seus produtos e serviços. Nesse sentido, esse trabalho tem como objetivo conhecer a produção científica sobre os produtos e serviços das bibliotecas universitárias em tempos de pandemia COVID-19, discutindo e analisando os artigos recuperados na base de dados Google Acadêmico, através de uma revisão sistemática de literatura. Para realizar a pesquisa, foram utilizados os descritores relacionados diretamente com os objetivos da pesquisa “Bibliotecas universitárias and Pandemia and Serviços and Produtos”, além de aplicar os filtros de data (2020 e 2021) e idioma (português). Desta forma, foram 993 trabalhos recuperados e avaliados e, de acordo com uma análise minuciosa onde foram lidos os resumos, introdução e conclusão, desses trabalhos selecionou-se 19 (dezenove) artigos relevantes que preenchiam os critérios pré-estabelecidos. Destarte, observa-se que a tecnologia foi essencial para disseminar a informação, ajudando as bibliotecas a manter contato com seus usuários e atendendo suas necessidades.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14202 Bibliotecas digitais e a pandemia de covid-19 2022-06-20T11:13:12-03:00 Karen Santos-d'Amorim karen.isantos@ufpe.br Bruna Lais Campos do Nascimento bruna.laisn@ufpe.br Steffane Ramires de Lima Campos steffane.campos@ufpe.br Renato Fernandes Correa renato.correa@ufpe.br <p>Este artigo mapeia quais estratégias foram realizadas ou planejadas no âmbito das bibliotecas digitais que tiveram por objetivo auxiliar no gerenciamento ou mitigação dos potenciais impactos informacionais decorrentes da conjuntura pandêmica de Covid-19 ao redor do globo. Utiliza o método de revisão rápida e a técnica de análise bibliométrica, configurando-se como uma pesquisa exploratória conduzida a partir do levantamento das publicações indexadas nas bases de dados Scopus e Brapci. A partir das análises foi possível constatar a prevalência de abordagens aplicadas com foco no oferecimento de produtos e serviços e no apoio à aprendizagem virtual (<em>e-learning</em>) em cinco continentes. Destaca-se que o acesso a serviços e produtos informacionais de forma remota é condição <em>sine qua non</em> para garantir a continuidade de pesquisas acadêmicas, possibilitar a execução de cursos à distância e o cumprimento das normativas sanitárias de distanciamento social.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14124 Divulgação científica, uma vacina para combater fake news em tempos de pandemia de covid-19 no Brasil. 2022-07-26T20:06:15-03:00 Claudia Barbosa dos Santos de Souza claudia.bs.souza2@gmail.com Gustavo Henrique de Araújo Freire ghafreire@gmail.com <p>Objetivo: identificar ações de divulgação científica sobre Covid-19 promovidas por bibliotecários, gatekeepers, profissionais da saúde e representantes da sociedade civil.<br />Metodologia: pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, com pesquisa documental e<br />revisão bibliográfica no âmbito da Ciência da Informação. Buscou-se ainda, informações sobre a Covid-19 em sites e em redes sociais virtuais de bibliotecas universitárias de instituições públicas no Rio de Janeiro, além de sites de jornais de grande alcance, como forma de divulgação científica para o público leigo. Resultados: demonstram que a divulgação científica poderá servir coo uma possível vacina anti fake news e contra a desinformação. Conclusão: ressalta a atuação de bibliotecário, jornalistas e demais profissionais da informação no processo de avaliação e seleção de informações, como subsídio para a divulgação massiva.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/13001 Estudo sobre o comportamento informacional de indivíduos frente a pandemia de covid-19 2022-06-20T19:26:17-03:00 Geovana Ezequieli de França geovana.ezequieli@hotmail.com Elaine Cristina Lopes elaine.lopes@unespar.edu.br <p>Com o objetivo de analisar o comportamento de busca de informação de indivíduos frente a pandemia de Covid-19, buscou-se nesta pesquisa identificar os aspectos relacionados a esse comportamento focando os aspectos cognitivos e causais que permeiam as necessidades informacionais destes indivíduos. Para tanto, utilizou-se como base para a análise e reflexão o modelo geral de comportamento informacional proposto por Wilson (1997). Com base no modelo, elaborou-se categorias de questões envolvendo necessidades informacionais, variáveis Intervenientes e processo de busca de informação. Os resultados obtidos foram originados de 574 questionários respondidos entre os dias 22 e 27 de março de 2021 por indivíduos residentes na região que compreende o litoral do Paraná. Percebe-se que a população busca informações baseando-se a partir de suas necessidades psicológicas e que, para elas a principal fonte de informação sobre a Pandemia e o COVID-19 é a televisão, mas consideram artigos científicos e sites médicos como fontes mais confiáveis de busca informacional. No entanto, nota-se que não há credibilidade nas informações fornecidas pelo governo, e que as questões políticas têm pouca influência nesta região.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14375 Produção científica da Faced Ufrgs 2022-06-22T17:56:20-03:00 Karen Irizaga karenirizaga@ufrgs.br Ana Gabriela Clipes Ferreira anaclipes@ufrgs.br Evelin Stahlhoefer Cotta evelincotta@ufrgs.br <p>O objetivo da pesquisa foi analisar a produção científica da Faculdade de Educação (FACED) entre os anos de 2017 a 2021, verificando possíveis mudanças durante os dois últimos anos em decorrência da pandemia de COVID-19. Estudo bibliométrico de nível micro, quantitativo e descritivo, utilizou o catalogo SABi para a coleta dos dados, categorizando os tipos documentos de acordo com os utilizados na avaliação da CAPES. Conclui que o maior número de produções está em livros, enquanto as teses e dissertações mantém número estável. De um modo geral, há declínio dos números antes do período da pandemia. Sugere a continuidade da pesquisa.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14377 Estágios remotos durante a pandemia do covid-19 2022-07-06T08:49:27-03:00 Ismael Maynard Bernini ismael.bernini@gmail.com Miriam Moema Loss miriammoemaloss@gmail.com Josiane Gonçalves da Costa costa.josian@gmail.com Mirtha Goalconda Vasques Rodrigues mirtha.rodrigues@ufrgs.br <p>O início da Pandemia do Covid-19 levou à Biblioteca da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Fabico / UFRGS) a repensar a estrutura do estágio curricular obrigatório. As restrições sociais obrigatórias levaram à criação de opções alternativas aos estágios obrigatórios presenciais. Como algumas dessas opções, inclui-se atividades remotas, uma ideia nova, para a Biblioteca, que precisava ser desenvolvida e implementada rapidamente. As incógnitas de um mundo pós-Covid deixam em aberto várias possibilidades de serviços humanos para o futuro. Este relato de experiência apresenta o que a Biblioteca aprendeu sobre estágios remotos, incluindo pontos fortes, desafios e recomendações.</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS https://seer.furg.br/biblos/article/view/14671 Dossiê temático Bibliotecas, informação e pandemia covid-19 2022-09-08T15:45:56-03:00 Maria Helena Machado de Moraes hmachmor@gmail.com Nivaldo Calixto Ribeiro nivaldo@biblioteca.ufla.br Luan Soares Silva Luan10soares2009@hotmail.com Angelica C. D. Miranda angelicacdm@gmail.com <p>XXXX</p> 2022-09-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BIBLOS