A RARIDADE BIBLIOGRÁFICA NA BIBLIOTECONOMIA E NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO BRASILEIRA

ABORDAGENS A PARTIR DE CATEGORIAS DISCURSIVAS

Autores

  • Dina Marques Pereira Araujo Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil.
  • Fabricio José Nascimento da Silveira Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.14295/biblos.v35i2.12717

Palavras-chave:

Raridade bibliográfica, Livro raro, História do livro raro no brasil, Biblioteconomia - Brasil, Ciência da Informação - Brasil

Resumo

O texto apresenta reflexões sobre a raridade bibliográfica na Biblioteconomia e na Ciência da Informação brasileira a partir de dois recortes – temporal (1941 à 2015) e discursivo (conceito de livro raro, história do livro raro no Brasil, relatos de experiência institucional e critérios de raridade), com vistas a refletir acerca da evolução da produção intelectual sobre o tema e sobre os atores que contribuíram para e que mobilizam essas discussões. Em face disso apresenta um panorama, seletivo e não exaustivo, de discursos referentes ao livro raro na Biblioteconomia e na Ciência da Informação brasileira com o objetivo de sistematizar a produção e de indicar a evolução e as contribuições dos profissionais bibliotecários nesse cenário. Finalmente sistematiza as perspectivas reveladas pela produção intelectual sobre o tema na atualidade como forma de contribuir para os estudos do patrimônio bibliográfico no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabricio José Nascimento da Silveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor do curso de graduação em Biblioteconomia e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Escola de Ciência da Informação ? ECI/UFMG. Possui graduação em Biblioteconomia (2004), mestrado e doutorado em Ciência da Informação pelo PPGCI/UFMG (2007 e 2014). Foi professor do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO (2013-2014), Coordenador e Subcoordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI/UFMG e Coordenador Adjunto do GT10 - Informação e Memória da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB). Tem experiência nas áreas de Biblioteconomia e de Ciência da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: Bibliotecas públicas ? história, especificidades e funções sociais; Biblioteca pública e públicos subalternizados; Representações sociais, memória e identidade; História do livro e das bibliotecas; História da leitura e formação do leitor; Informação e questões de gênero; e Ensino de Biblioteconomia e a formação do bibliotecário no Brasil.

Referências

ARAÚJO, D. M. P.; REIS, A. S. Bibliografias setecentistas e os conceitos de livro raro. Perspectivas em Ciência da Informação (on line), v. 22, p. 168-184, 2017.

ARAÚJO, D. M. P.; REIS, A. S. Bibliotecas, Bibliofilia e Bibliografia: alguns apontamentos. INCID: Revista de Documentação e Ciência da Informação, v. 7, p. 183-201, 2016.

ARAÚJO, D. M. P.; REIS, A. S.; SILVEIRA, F. J. N. Bibliofilia, bibliografias e a construção do sistema axiológico da raridade. Informação & Informação (Online), v. 23, p. 38-57, 2018.

ARAÚJO, D. M. P.; SILVEIRA, F. J. N. O Livro Raro na Biblioteconomia Brasileira: influências, impactos e delimitações dos discursos da Bibliofilia nas práticas profissionais e institucionais. In: Seminário Internacional Cultura Escrita no Mundo Moderno, 2019, Belo Horizonte. Seminário Internacional Cultura Escrita no Mundo Moderno. Anais... Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, 2019. v. 1. p. 80-87.

ARAÚJO, D. M. P.; SILVEIRA, F. J. N; REIS, A. S. Bibliofilia e livros raros: uma abordagem histórico-cultural. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2018, Londrina. Anais... Londrina: ENANCIB, 2018.

ARAÚJO, DINÁ MARQUES PEREIRA. Bibliofilia e livros raros na perspectiva histórico-cultural: uma abordagem crítica às visões instituídas na Biblioteconomia e na Ciência da Informação brasileira. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas gerais, Escola de Ciência da Informação, 2017 (Dissertação mestrado).

BERGER, Sidney E. Rare books and special collections. Chicago: Neal-Shuman, 2014.

DEBURE, Guillaume-François. Bibliographie instructive: ou Traité de la connoissance des livres rares et singuliers. Contenant un catalogue raisonné de la plus grande partie de ces livres précieux, qui ont paru successivement dans la République des lettres, depuis l'invention de l'imprimerie, jusques à nos jours. Paris: Guillaume-François DE BURE le Jeune, Libraire, 1763- 1768.

FOUCAULT, Michel. Arqueologia do saber. 8. ed. Rio de Janeiro: GEN: Forense, 2012.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. 9. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

GALBRAITH, Steven Kenneth; SMITH, Geoffrey Dayton. Rare book librarianship: a introduction and guide. Santa Barbara: Libraries Unlimited, 2012.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

LE GOFF, J. História e memória. 5. ed. Campinas: UNICAMP, 2003.

MCKITTERICK, D. The invention of rare books: Private interest and public memory, 1600-1840. Cambridge University Press, 2018.

NORA, P. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, n. 10, p. 7-28 dez. 1993.

RICOUER, P. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: UNICAMP, 2007.

SANT’ANA, Rizio Bruno. Como definir obras raras: critérios na biblioteca Mário de Andrade. Revista da Biblioteca Mário de Andrade, n.54, 1996, p.231-252.

SANT’ANA, Rizio Bruno. Critérios para definição de obras raras. Rev. Online Bibl. Prof. Joel Martins, Campinas, v.2, n.3, jun. 2001, p.1-18.

SILVEIRA, M. A. A.; PRYSTHON, C. M. F.; SCHMIDT, S.; SILVA, F. M. E. Estudo bibliométrico de fontes sobre Pernambuco. Em Questão, v. 15, n. 1, p. 43-56, 2009. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/11918. Acesso em: 07 out. 2021.

VIARDOT, Jean. Un épisode du collectionnisme en fait de livre au XVIII° siècle: le Musaeum Typographicum ou le goût des raretés superlatives. Littèratures classiques, 2008/2, n.66, p. 161-178.

Downloads

Publicado

2022-04-18

Como Citar

Marques Pereira Araujo, D., & José Nascimento da Silveira, F. (2022). A RARIDADE BIBLIOGRÁFICA NA BIBLIOTECONOMIA E NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO BRASILEIRA: ABORDAGENS A PARTIR DE CATEGORIAS DISCURSIVAS. BIBLOS, 35(2). https://doi.org/10.14295/biblos.v35i2.12717